A verdade que ninguém te contou sobre marketing digital para psicólogos

Like Melon > Marketing Digital para Psicólogos  > A verdade que ninguém te contou sobre marketing digital para psicólogos
dicas de marketing digital para psicólogos

A verdade que ninguém te contou sobre marketing digital para psicólogos

Apesar de muitos profissionais não saberem, o marketing digital para psicólogos é totalmente possível de ser praticado.

 

Porém, é imprescindível que o marketing digital para psicólogos seja feito com responsabilidade, respeitando a ética profissional.

 

A importância do marketing digital para psicólogos

Diferentemente do que se possa pensar, os serviços prestados por um psicólogo são semelhantes ao de qualquer outro segmento do mercado.

 

Se existe uma demanda por parte da sociedade, ela pode ser suprimida a partir da oferta de serviços psicológicos.

 

Porém, muitas pessoas, incluindo profissionais de saúde mental, imaginam ser antiético e até mesmo errado fazer divulgação de seus serviços.

 

Não há exatamente um motivo para isso, mas talvez essa percepção seja parte de um tabu, um mito, ou alguma crença da sociedade.

 

Fato é que não há problema algum na divulgação de serviços e produtos por um psicólogo, especialmente usando o marketing digital.

 

Obviamente, essa promoção deve ser feita respeitando todos os limites éticos e legais da atuação profissional.

 

A fim de não ferir nenhum regulamento próprio da atuação profissional, o psicólogo deve seguir sempre as orientações do CFP.

 

O próprio profissional pode se responsabilizar pela criação de ferramentas de divulgação e marketing de seu negócio.

 

Porém, para não incorrer em erros legais, ou cometer gafes e deslizes, o psicólogo pode contratar serviços especializados de marketing digital.

 

Como fazer marketing digital para psicólogos?

Vamos falar sobre ferramentas e processos que podem ser utilizados para se fazer boas estratégias de marketing digital para psicólogos.

 

Você já deve ter ouvido falar que a divulgação na internet e nas redes sociais possuem grande vantagem.

 

Essa é a mais pura verdade. Entretanto, vale lembrar que essa não é a única forma possível e eficaz de marketing.

 

O psicólogo pode também:

  • Participar de rodas de conversa e webinars;
  • Dar treinamentos corporativos e mentorias;
  • Conceder entrevistas e participar de discussões temáticas em programas de rádio e televisão;
  • Dar palestras em escolas, empresas, clubes, associações, entre outros.

 

E o mais importante, isso tudo pode ser feito tanto no ambiente presencial quanto no virtual.

 

O psicólogo pode ainda lançar mão de recursos digitais para transferir o conteúdo criado nessas oportunidades para a internet.

 

São inúmeras as possibilidades de se criar conteúdo para o público virtual, estabelecendo a sua imagem profissional e fortalecendo sua marca.

 

O marketing digital oferece muitos recursos para quem deseja ampliar as possibilidades de atuação, como a criação de:

 

O marketing digital para psicólogos se baseia na produção de conteúdo que seja atrativo, informativo e elucidativo para o público.

 

Para isso, é fundamental que os artigos sejam criados com técnicas de SEO – Search Engine Optimization (otimização para mecanismos de busca).

 

É o SEO que garante um melhor posicionamento de seu site ou blog para quem realiza buscas do Google.

 

Sendo assim, é interessante avaliar se não vale a pena investir na construção de um site e de redes sociais profissionais.

 

Neles, o psicólogo pode hospedar conteúdos nos formatos de texto e audiovisual trabalhados profissionalmente.

 

A contratação de serviços de marketing digital para psicólogos pode trazer mais visibilidade ao psicólogo, aumentando a receita e gerando retorno à ele.

 

A ética e o marketing digital para psicólogos

Apesar de ser uma ferramenta importante, funcional e eficaz para o trabalho, o marketing digital para psicólogos precisa ser feito com ética.

 

O respeito às normas vigentes da área, aos colegas de profissão e especialmente ao público, são essenciais.

 

Portanto, o profissional de saúde mental que optar por investir em marketing digital, tem o dever de:

  • Respeitar as diferenças entre as áreas e não invadir outras especialidades, incluindo áreas de saúde, como médicos, fisioterapeutas, nutricionistas, entre outros;
  • É permitido colocar nos anúncios de divulgação de serviços apenas a área de atuação, especialidade e o número do registro no CRP (Conselho Regional de Psicologia);
  • O profissional de saúde, pode também, no exercício profissional, na divulgação e publicidade no âmbito dos meios de comunicação, vincular ou associar o título de psicólogo e/ou técnicas ou práticas psicológicas já reconhecidas como próprias do profissional psicólogo e que estejam de acordo com os critérios científicos estabelecidos no campo da psicologia;
  • A participação em programas de televisão, rádio e outras mídias, além de lives e webinars em redes sociais, considerando que a participação tem como objetivo primordial levar informação de qualidade ao público.

 

Ao contrário, quem investe em marketing digital para psicólogos de maneira alguma deve:

  • Assegurar resultados, realizar previsões taxativas ou fazer promessas de cura de doenças emocionais e sintomas psicológicos, como depressão e ansiedade;
  • Divulgar práticas alternativas que não são regulamentadas pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP), como: reiki, leitura de cartas, aromaterapia, entre outras;
  • Divulgar efeitos tangíveis, já que é impossível mensurar com precisão a evolução de um diagnóstico, por exemplo: calculando uma porcentagem específica de cura ou
  • Auto-denominar-se doutor ou usar títulos que não possui.
  • Usar o preço de uma consulta, de produtos ou serviços como forma de propaganda e de atrair clientes, principalmente se se tratar de descontos. Isso é antiético e pode servir de base para uma denúncia.
  • Participar de atividades em meios de comunicação, com o único intuito de autopromover-se.

 

Um profissional de saúde mental está sempre à serviço da sociedade, e o marketing digital para psicólogos é um suporte para essa atuação.

 

Levar informação de qualidade, seja por meio de site, blog, mídia ou redes sociais é uma das tarefas dos psicólogos.

 

Com a ajuda do marketing digital para psicólogos, essa atividade se torna muito mais abrangente, e com resultados mais eficazes.

 

Se você é profissional de saúde mental e quer saber mais sobre marketing digital para psicólogos, não deixe de conferir nossas dicas no blog.

Sem Comentários

Poste um comentário