Briefing: Organize suas ideias

Like Melon > Inbound Marketing  > Briefing: Organize suas ideias
o que é briefing

Briefing: Organize suas ideias

O seu negócio conhece a importância de um Briefing objetivo, claro e aprovação pelo seu cliente? Um dos principais desafios de uma agência de comunicação e/ou qualquer profissional da área criativa é estabelecer um diálogo eficaz com seu cliente, de forma que ambos os lados estejam cientes do que está sendo desenvolvido e qual é o resultado esperado. É comum que os clientes tenham uma demanda concreta, por exemplo, a necessidade de um logotipo para sua empresa, mas não fazem ideia do que querem em termos de linguagem visual. Grande parte da população não está acostumada a raciocinar em termos de linguagem visual.

 

Diante desse contexto, como é possível evitar retrabalhos que impossibilitam a realização de novos projetos e a finalização do que está sendo concluído? Traduzir conceitos em imagens, textos, posicionamento estratégico nas redes sociais não é uma atividade fácil. O Briefing surge para concretizar, em forma de documento, todas as diretrizes e parâmetros próprios do projeto a ser desenvolvido, seja uma peça publicitária, um texto, um vídeo ou material gráfico.

 

Você já fez um bolo? Um dos primeiros passos, para quem se propõe a cozinhar, é ter acesso a uma boa receita, um passo a passo adequado (em termos de ingredientes, quantidades, temperaturas) para que a execução flua com tranquilidade a partir da minimização dos erros que poderiam ser cometidos. O Briefing age como a receita do bolo, sendo um norteador do que deve se feito para se alcançar o melhor resultado. Acompanhe o texto, a seguir, e descubra como o uso adequado de um Briefing pode potencializar o seu negócio!

 

O que é Briefing?

O Briefing é um documento que contém, de forma objetiva, todas as diretrizes que conduzem o desenvolvimento de um projeto. É comum que pessoas leigas acreditem que o processo criativo (característico de atividades como a produção de conteúdo, design, marketing) não necessite de objetivos claros para se desenvolver. Mas esse tipo de pensamento é um grande engano e não condiz com a realidade produtiva desses profissionais.

 

Em uma primeira situação, a arte tem fim em si mesma, como por exemplo, um pintor que cria um quadro com o objetivo exclusivo de expressar os seus sentimentos. Esse pintor cria com a intenção de mostrar a sua expressividade artística, independentemente da aprovação ou não de outros. Uma segunda situação é quando um redator, que produz textos para um blog, cria conteúdo com a intenção de atrair mais pessoas para conhecer e comprar um determinado produto, por exemplo. Uma situação não é melhor nem pior do que a outra, apenas apresentam objetivos diferentes. É necessário que os gestores empresariais, de setores criativos, compreendam que o processo criativo voltado para o mercado pode e deve ser embasado por métricas específicas.

 

O Briefing é uma forma rápida e fácil de acessar as métricas que norteiam um projeto, tanto para o cliente quanto para o profissional que presta o serviço de criação. Dessa forma, o briefing deve ser utilizado durante o processo produtivo, para relembrar pontos importantes a serem considerados, como durante o processo de aprovação do trabalho, junto com o cliente. Assim, o cliente não tem como dizer que queria algo diferente do especificado anteriormente, assim como o profissional tem como explicar o que foi desenvolvido de acordo com o que foi solicitado.

 

Briefing: a importância do alinhamento de objetivos

O profissional gestor de criação deve saber quais parâmetros precisam ser especificados para o desenvolvimento adequado do projeto e a partir disso, reunir-se com o cliente para montar o briefing. Cada projeto apresenta um contexto único e dessa foram, o briefing deve ser personalizado. Apenas depois que o briefing estiver todo montado e aprovado, pelo cliente, é que a produção em si deve começar. Apesar dos prazos de produção cada vez mais curtos, o briefing deve ser montado com a atenção que merece para evitar retrabalhos, perda de dinheiro e/ou tempo e clientes insatisfeitos com o resultado apresentado.

 

Ao alinhar os objetivos do projeto, as chances da criação ser adequada às expectativas do cliente são maiores, e mesmo que o cliente não esteja totalmente satisfeito com o resultado fica muito mais fácil apontar os reajustes necessários dentro do trabalho apresentado.

 

Conheça a estrutura básica de um Briefing!

Apesar de ser um documento predominantemente personalizado, é comum que alguns parâmetros estejam presentes na grande maioria dos briefings. Conheça, a seguir, alguns desses parâmetros:

 

Conheça seu cliente e a concorrência

Saiba quais são os valores e a missão desse cliente; conheça o espaço geográfico onde ele se localiza e conheça também a concorrência, para identificar o estado da arte relativa ao serviço que você deve desenvolver. Nesse momento é possível que “gaps de mercado” (necessidades ainda não solucionadas) sejam identificados e propostas inovadoras surjam!

 

Objetivo do projeto

Especifique o objetivo principal do projeto, assim como os objetivos secundários. Por exemplo, o objetivo principal é aumentar as vendas de uma marca de cosméticos e os objetivos secundários são: atualizar a linguagem visual do site de do blog; alterar a linguagem visual das embalagens; produzir textos com um caráter mais científico para alcançar uma nova persona…

 

Personas a serem trabalhadas

Determinar as características do público que deve ser impactado pelo projeto é imprescindível para obter bons resultados! Afinal, uma campanha de roupas infantis é bem diferente de uma campanha de vestidos para noivas.

 

Orçamento disponível

Determinar um orçamento limite para a execução do projeto é essencial para que a melhor solução seja entregue dentro da realidade financeira do cliente.

 

Prazos de execução

Estabeleça prazos condizentes com a quantidade de pessoal e qualificação da sua equipe. Trabalhe com prazos que apresentem uma folga de tempo caso algum imprevisto aconteça. Faça com que todos os envolvidos estejam cientes dos prazos a serem cumpridos.

 

Determine as inspirações

Teste, com seu cliente, quais referências visuais mais o agradam. Assim, você se inspira em fontes bem sucedidas, podendo seguir uma linha estética que realmente agrade seu cliente.

 

Determine as objeções

Deixe bem claro com o seu cliente o que ele não quer que seja apresentado no projeto, como: cores, tipos gráficos, palavras específicas, tom de voz de um texto. Dessa forma, fica ainda mais fácil acertar.

 

Entre em contato com os especialistas em Inbound Marketing da Like Melon e saiba como desenvolver o Briefing adequado para os seus projetos! Conte com profissionais capacitados e experientes para utilizar todo o potencial de sucesso dos seus negócios!

likemelon
Sem Comentários

Poste um comentário

Comentário
Name
Email
Website