O que não te ensinaram na Faculdade de Psicologia

marketing na faculdade de psicologia

Psicólogo(a), alguma vez durante a sua faculdade você ouviu falar sobre marketing ou simplesmente sobre o empreender na psicologia? Eu sei que podem existir exceções, porém, para grande parte dos profissionais da área a resposta é não! 

 

Na faculdade de psicologia muito é ensinado sobre abordagens e teorias e pouco ou nada é ensinado sobre sua carreira, como se preparar e se organizar, como vender seus serviços e ter bons resultados, financeiros e profissionais, a partir disso.

 

Ainda existe muito tabu e crenças limitantes relacionadas ao dinheiro que fazem bons profissionais terem medo e baixa auto estima nas suas profissões.

 

Mas, essa é uma realidade que está mudando e é sobre isso que eu vou falar nesse conteúdo, sobre o que a faculdade de psicologia não te ensinou. Vem comigo! 

 

O que não te contaram…

A faculdade de psicologia te ensina sobre o comportamento humano, teorias, abordagens, cérebro humano, técnicas e mais técnicas, emoções, sentimentos, mas não necessariamente ela te ensina a colocar em prática o que você precisa para a sua carreira decolar e pouco explora o seu próprio auto conhecimento, como cuidar do seu cérebro (apesar de sabermos que um bom psicólogo clínico deve fazer sua supervisão e sua própria psicoterapia, por exemplo) vejo muitos psicólogos sem praticar e principalmente sem saber como se auto desenvolver.

 

Por isso, vou compartilhar com você meu amigo psicólogo(a) algumas dicas que levo para a minha vida de psicóloga empreendedora. Pode ser que elas também façam sentido pra você e te ajudem a ver a sua carreira de uma nova perspectiva:

 

Invista no seu cérebro e no seu desenvolvimento pessoal

Sem isso, todo o resto não vai funcionar. Primeiro cuide de você, para poder cuidar do próximo.

 

Isso não significa que você não terá problemas e que sua vida sempre será perfeita, sabemos que isso não é verdade.

 

Se não formos capazes de compreender nossos sentimentos, sensações ou interpretar nossos comportamentos, é um fato que não conseguiremos captar as emoções dos nossos pacientes, clientes ou até mesmo daqueles que interagem e acompanham nossos trabalhos nas redes sociais.

 

Faculdade não garante sucesso

Além de termos um grande tabu que a psicologia não dá dinheiro e isso é uma crença limitante, fazer a faculdade de psicologia não é sinônimo de ganhar pouco, também não é sinônimo de sair de lá empregado ou com sua agenda cheia de pacientes.

 

A faculdade quem faz é você e existem particularidades de cada um, ter uma profissão não resolve e garante o resto da sua vida.

 

Outro fator que justifica a faculdade não garantir o sucesso é que saímos de lá sem nenhum aprimoramento sobre aspectos mercadológicos e de negócios. No contexto que vivemos hoje, é mais do que necessário termos pelo menos uma ideia de como estruturar meus serviços, produtos, minha presença digital, organização financeira, atendimento e por aí vai…e tudo isso é marketing.

 

O que deu certo para uma pessoa pode não dar certo para você e vice-versa

É comum na faculdade ter vários professores que falam que psicologia não dá dinheiro, demonizarem o marketing e a exposição digital. Assim, você absorve tudo como verdade, afinal é um professor que está te falando, é a maior referência que você pode ter no momento, porém esquecemos muitas vezes que grande parte desses profissionais não compreendem ou não aceitam que os comportamentos mudaram, o contexto mudou e a forma de promover a psicologia também necessita de mudança.

 

Não há como negar que a divulgação da Psicologia, assim como demais áreas da saúde, é um caso de utilidade pública. Diferente do que muitos ainda insistem em dizer, é possível fazer isso de forma ética sim!

 

O objetivo do psicólogo ao divulgar seus serviços não é de induzir as pessoas a contratá-lo, mas de conscientizar o maior número de pessoas sobre o cuidado com sua saúde emocional e mostrar que é possível melhorar a qualidade de vida através do que é oferecido por nós psicólogos.

 

Cada jornada é uma, sabemos mais que qualquer outro profissional o quanto somos seres diversos (e ainda bem, né) e é óbvio que isso irá contar muito na sua jornada, quem você é fará o seu caminho. Pode dar certo para o outro, mas para você não – e tá tudo bem! 

 

Não existe nenhuma faculdade ou profissão que “dá dinheiro” ou que “não dá dinheiro”, o que irá te proporcionar bons resultados será o seu conhecimento associado a sua prática no trabalho e crenças, nem todo mundo que trabalha tem sucesso e é por isso que sua jornada é a que irá contar aqui. 

 

Faculdade não te ensina a se comunicar e muito menos, empreender


Mesmo na faculdade de marketing ou publicidade e propaganda, que ensinam sobre comunicação, também não é ensinado na prática como você deve se comunicar.

 

Agora imagina essa realidade para a faculdade de psicologia? Pois é, sei que você vive ou viveu isso e não sabe nem por onde começar, certo?

 

Por isso, fiz um conteúdo falando um pouco sobre empreendedorismo para psicólogos: entenda por onde começar e marketing para psicólogos: como divulgar seus serviços psicológicos

 

Se comunicar é muito importante e você pode aprender como fazer isso de forma eficaz, o que será muito importante para o seu negócio como psi. 

 

Plano de Ação

 

Na faculdade de psicologia, nós não fomos ensinados a ter um plano de ação, planejar a nossa carreira e olhar para o nosso negócio. Por exemplo: Como você vai fazer para conquistar seus primeiros pacientes? Quais estratégias você vai usar? Quais produtos ou serviços você vai oferecer? 

 

Uma forma simples de compreender esses pontos é entendendo como funciona a Jornada de Compra e o Inbound Marketing, que aqui eu chamo de Jornada da Transformação e Marketing da Consciência para Psicólogos

 

Você pode começar a criar conteúdos para atrair pacientes, para redes sociais, pro YouTube ou para o seu blog. Dessa forma você desperta a consciência das pessoas sobre os problemas que elas vivenciam, sobre as dores e principalmente sobre o seu trabalho (você ralou muito para chegar onde chegou, aprendeu muito e tem um poder enorme nas mãos para ajudar as pessoas…mas por que isso não pode ser divulgado?).

 

Mais do que novos pacientes/clientes, com a geração de conteúdo você aproxima a psicologia do dia a dia das pessoas. E graças a internet essa aproximação pode ser feita em escala mundial.

 

Planejamento é tudo! 

Se você começou agora e tem 1 paciente, ou nenhum, o que você precisa fazer para conquistar mais? Se você tem 10 pacientes e quer inovar no seu negócio, o que precisa fazer para isso acontecer?

 

Entender e estudar sobre marketing digital, administração e empreendedorismo pode te ajudar a ter mais clareza, você não precisa ser especialista nessas áreas mas é importante para você ter uma noção básica, pois isso irá te auxiliar no caminho do sucesso.

 

Ter isso claro e planejar todos os passos é desenhar a estrada para você chegar até o seu destino, sem isso, qualquer lugar irá servir.

 

Gratidão: Ser Grato


Quando você aplica gratidão na sua vida, você descobre que aquele professor que só pegava no seu pé, ele te ajudou a crescer e assim você se torna grato. Se não fosse seus pais falarem não e estimular o seu estudo, você não estaria onde está hoje.

 

Além de ser grato pelas coisas boas (que muitas vezes esquecemos de ser gratos) seja grato também pelos tapas na cara que te fizeram crescer.

 

Lembre também de bons momentos e de refletir sobre o que está acontecendo no presente.

Já parou para olhar as coisas boas de hoje?

 

Entenda que não é colocar um óculos cor de rosa e ser excessivamente positivo, isso pode ser prejudicial, nos cega para os problemas que precisam ser corrigidos ou pontos que precisam de melhoras.

 

A chave é não ignorarmos por completo as coisas ruins, mas ter senso realista.

 

Uma coisa boa não é algo complicado, complexo, mas algo específico. Pode ser um abraço amigo, uma comida gostosa ou o reconhecimento do seu trabalho.

 

Fazer um diário com três coisas positivas todos os dias te ajudará a treinar o seu cérebro.

 

Assim, estamos melhorando nossas chances de felicidade e estabelecendo uma cadeia de eventos que nos ajudam a colher todos os benefícios de um cérebro positivo.

 

Focar no que é bom abre nossa mente para as ideias e oportunidades que nos ajudam a ser mais produtivos, eficientes e bem sucedidos no trabalho e na vida.

 

Esse é o famoso Efeito Positivo Tetris!

 

Gostou dessas dicas?


Espero que esse conteúdo possa ter te ajudado a construir sua jornada digital como psi. E se você ainda tiver dúvidas, conheça o curso Digitalmente: Marketing Digital para Psicólogos. 

Sem Comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.